Coco Chanel

Desenho Chanel

“Vista-se mal e notarão o vestido.; vista-se bem e notarão a mulher.”

Ontem, 19 de Agosto, seria o 131º aniversário de  Gabrielle Bonheur Chanel. Uma das estilistas mais conhecidas e influentes do mundo, Chanel deixou marcas eternas como o pretinho básico, os blazers e cardigãs femininos, as calças femininas, as pérolas e claro, o Chanel Nº 5.

Fica aqui minha pequena homenagem à esta mulher inspiradora!

PS: o desenho não ficou muito bom porque foi feito em 1 hora, para que conseguisse postar hoje, e é a primeira vez que desenho em papel preto. Tudo isso porque eu descobri que era aniversário dela já no fim da tarde de ontem :/ . Os próximos serão melhores!

Anúncios

Cinza, nem preto nem branco

Arte ComTexto. Esta nova categoria em parceria com meu pai vai trazer sempre um texto com uma ilustração, pintura ou qualquer outra arte que represente o tema escolhido.

Desenho Texto (2)

“Antagônico ou complementar? Yin ou Yang? Dia ou noite? Adulto ou criança? Porque a vida é feita de dualidades. Sempre, tudo tem seu par, ou seu ímpar. Ah! Vou procurar coisas que não se enquadram nisso… Ok! Procure e vai achar, com certeza, mas sabe aquela agonia que bate de vez em quando, na hora da escolha: é isso ou é aquilo? Hã?!

Viver a aborrecência pode ser chato, doído, horrível mesmo. Viver a adolescência pode ser alegre, divertido, feliz mesmo. Cabe escolher. Ah! Mas quantas mudanças em tão pouco tempo, saco… Agora não dá pra fazer as coisas de adulto porque não pode e as de crianças, ficou louco?! Já não sou mais criança!! Pois é. Hormônios. Aos milhões. Explodindo em espinhas, pelos, roupas que não servem, sutiãs que apertam, olhares sensualizados…

Complicado, né? É, mas passa. Agora que pai e mãe, ou pais, ou mães, enfim, quem dava ordens, passa a encontrar mais resistência em nossa obediência, chegou a vez de encarar as tais responsabilidades da vida adulta. Ué, mas ainda não sou adulto?! Não é, mas vai ser! E pode escolher entre ser ou ser feito pelos outros… Como assim? Assim. Assumindo mais o próprio caminho. Aprendendo com os outros e com a própria experiência. Prestando atenção ao mundo que te rodeia, e como pode deixa-lo melhor, não só pra você, afinal, você não é dono ou dona do mundo, ou é? Percebeu? Tem mais gente à sua volta. Que acorda horrível igual à você, com aquela vontade gigantesca de continuar na cama. Mas que, logo depois, já exibe um lindo sorriso metálico, ops!, ou não, mas sempre um lindo sorriso.

É isso. Levantar todos os dias e aceitar as mudanças da natureza, que não dá saltos, mas que também não para pra descansar, não. Encarar as mudanças no seu corpo como naturais, porque são naturais. Encarar os desafios como desafios: experiências que vão enriquecer seus conhecimentos, sua conta no banco, sua lista de conquistas, seja o que for. Não se esqueça que muitas vezes vai dar errado. Ih! Ferrou. É assim mesmo. Viva. Aproveite essa fase inesquecível e curta, curta bastante. Ela não dura muito.”

Ricardo Corrêa.

D.I.Y. Especial Dia das Mães – Colar de Lápis

Colar Lápis (15)

Dia das Mães está chegando e meu D.I.Y. especial é para minha mommy artística plástica! Minha intenção é que vocês não deem somente flores, chocolates e corações, mas façam/comprem presentes que realmente caracterizam suas mães e tenham uma relação verdadeira com elas. E nada melhor para uma desenhista do que lápis de cor! Vamos ao passo a passo?

Colar Lápis

Materiais:

– 4 palitos de dente de madeira

– fita de cetim

– retalho de tecido

– cola quente

– cola branca

– tesoura

– pincel

– tinta PVA ou acrílica de várias cores

Colar Lápis (1) cópia

Colar Lápis (2) cópia

Colar Lápis (3) cópia

1. Corte os palitos ao meio.

2. Pinte cada um de uma cor, de forma que pareçam lápis: a ponta e o corpo, como na figura 3.

Colar Lápis (4) cópia

Colar Lápis (5) cópia

4. Passe cola branca na lateral de um mini lápis e cole todos lado a lado como na imagem 5.

Colar Lápis (6) cópia

Colar Lápis (7) cópia

6. Passe uma linha de cola quente na metade dos lápis e cole o tecido virando a borda, para ficar um melhor acabamento.

7. Vire e cole atrás, deixando bem esticado e bem acabado.

Colar Lápis (8) cópia

Colar Lápis (9) cópia

8. Também com a cola quente cole uma das pontas da fita de cetim.

9. Depois cole a outra formando uma “alça”. É por aí que vai passar sua corrente.

Colar Lápis (10) cópia

10. Seu mini pingente super fofo minúsculo de estojinho está pronto!

Colar Lápis (11)

Colar Lápis (13)

Espero que tenham gostado, que as mamães ganhem muuuitos presentes lindos e que tenham se inspirado para fazer seus próprios presentes, afinal de contas as mamães merecem algo exclusivo!

FELIZ DIA DAS MÃES!

Fotos: Gabriel Barrera