Ausências

Ausências (1)A ausência de água me fez perceber outras ausências. Abrir a torneira e não achar nada, de repente me fez perceber que há outras ausências importantes: amizades sinceras, amigos e amigas do peito, abraços fraternos, carinho de vó, bolinho de chuva, cheiro de café, sombra de árvores. Como tem coisas que somem de nossa vida tão tecnológica, tão corrida, tão cheia de redes, tão cheia de nós, apertados nós. Nós que ficamos bem na foto e ruins em tantas outras coisas, ausentamos em vidas importantes em nome de quê, mesmo? Os mil amigos não vieram na hora da dor? Vieram alguns, os de perto, e os do peito? Ausências que a falta de água faz lembrar. Por que tem coisas fundamentais como água. Amizades sinceras, amigos e amigas do peito, abraços fraternos, carinho de vó, bolinho de chuva, cheiro de café e sombra de árvores.

Ricardo Corrêa

Anúncios